livros

Doida Não e Não!

Recentemente cruzei-me com o livro Doida Não e Não!, de Manuela Gonzaga. Após ler a sua sinopse decidi que este seria o próximo livro a ler. Inserido nos meus objetivos de leitura para o mês de Maio, já estou quase duas semanas em falta para vos contar como foi embarcar na história de Maria Adelaide Coelho da Cunha.

Confesso que fiquei cativada logo na frase “A Mulher que enfrentou Egas Moniz, Júlio de Matos e outros Sábios da época”. Acrescento ainda que fiquei desiludida com os relatórios clínicos de Egas Moniz e Júlio de Matos, acusar uma mulher de maluca porque queria seguir o amor, claramente que aqui os “valores” da época – e quem sabe – o dinheiro falaram mais alto.

Maria Adelaide era filha e herdeira do fundador do Diário de Notícias, mulher do administrador do mesmo jornal, o escritor Alfredo Cunha, foi colocada no manicómio após ter fugido com o motorista/amante. Uma história que chocou a sociedade da época, foi redigida com factos das duas partes (a família que a chamava de louca e os amigos que nunca deixaram de acreditar nela).

É impressionante como uma mulher, podendo optar pela clandestinidade de um amante – ao que parece isso era permitido – , escolheu fugir para viver uma vida modesta junto aquele que amava. Este livro fala-nos de uma Senhora que em vez de viver de aparências, optou por viver fiel a si própria, o que, pelos vistos, não era permitido em 1918.

Além de nos apresentar a vida extraordinária de Maria Adelaide Coelho da Cunha, este livro mostra-nos como evoluímos no tempo e como podemos continuar a evoluir graças à luta de pessoas carismáticas como ela. Maria Adelaide lutou contra tudo e todos pela sua liberdade, abriu mão de uma fortuna por amor e no final conseguiu construir algo muito mais valioso, uma vida rodeada por Amor e Respeito. Ela que chegou a viver da caridade de quem a rodeava, nunca mas nunca baixou as mãos e fez-se ao trabalho para se sustentar e para provar que não era maluca. É nesta luta que se vê que a força e a garra do jornalismo verdadeiro lhe corria no sangue.

É um livro que considero de leitura obrigatória, tanto aos amantes de biografias, como aos amantes de romances, porque a prosa tem tudo. 😉

Disponível nas Livrarias Bertrand acedam aqui: https://www.bertrand.pt/livro/doida-nao-e-nao-manuela-gonzaga/21283528?a_aid=5ea6a70cc1acc

2 opiniões sobre “Doida Não e Não!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s