Saudades de ti…

Olho a porta trancanda, a cama deserta, a solidão no ar… Hoje não vens… Hoje não vale a pena ver as horas na espera do teu abraço…

… hoje só por hoje arrasto-me no vago vazio deixado por ti, fixo um ponto e deixo-me ficar, sorrindo ao lembrar-me do teu doce beijo…

… porque hoje não irás entrar por aquela porta, agarrar-me nos teus braços e dar início ao momento só nosso, aos minutos só nossos que temos sempre que nos encontramos…

… ao nosso pequeno mundo que construimos lado a lado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s