livros

A noite em que o Verão Acabou, João Tordo

Já estava na minha wishlist há algum tempo, mas só agora dei o salto de fé e  fui ler o livro. De viagem, sem poder ler um livro físico por causa da escuridão, depressa comprei o ebook A Noite em que o Verão Acabou e comecei esta aventura que começa no Verão de 1987.

Já tinha ouvido falar de João Tordo, mas nunca tinha lido nada dele. Algo nos separava, não sei se a minha falta de curiosidade, se a falta de oportunidade de adquirir um livro dele, se não sei. O que é certo é que haviam sempre outros livros (há sempre!).

Naquela noite também havia imensos,  mas aquele foi o que escolhi.

O livro tem três tempos de narrativa: o verão de 1987, a história do primeiro amor do narrador, setembro de 1998, o crime que nos vai colar ao livro e, finalmente, anos depois o desenlace de tudo.

Pedro é uma personagem que rapidamente cria empatia com o leitor, o típico adolescente português desajeitado, que nada sabe sobre o amor e o sexo e se vê apaixonado por uma rapariga muito a cima da liga dele. Quem nunca?

Claro que este amor o vai marcar para a vida toda, fazendo com que largue tudo quando o pai de Laura é assassinado e viva num limbo durante anos com os assuntos que ficam por resolver.

A narrativa está deliciosamente bem construída, então as descrições de época são maravilhosas. Os pais de Pedro, a típica família portuguesa que consegue crescer com o seu trabalho, mas que não perde os traços da humildade das origens.

Do típico pai que consegue fazer dinheiro e por isso quer integrar-se no mundo dos ricos, passando pela típica avó metida que só quer dar comida, ao típico hábito português de levar tudo para a praia (ai geleira azul ❤️) e sentar-se sempre no mesmo lugar.

O choque cultural está todo lá, no entanto acho que por vezes parecemos demasiado parolos face aos americanos. Mas também somos descritos por um adolescente apaixonado, que em tudo se quer mostrar à sua nova ‘amiga’.

O crime, esse é espetacular, os momentos, as condições, o pouco de informação que conseguimos beber, numa cidade onde tudo se fala. As respostas estão lá, umas mais escondidas que outras.

Tem todos os ingredientes para os amantes de thrillers, que durante a leitura gostam de elaborar as suas próprias teorias. Aproveitem o ficar em casa para juntarem esta leitura à vossa estante, prometo que não se arrependem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s