livros

Mi vida: instrucciones de uso, por Marian Keyes

Recentemente decidi aumentar o meu vocabulário espanhol através da leitura de obras neste idioma. Marian Keyes foi a primeira autora que li em espanhol, embora seja irlandesa, encontrei o seu livro Bajo el edredón numa livraria em Barcelona.

Na altura o meu objetivo era aprender mais rápido a língua e funcionou, por isso (e visto que a obra dela não está traduzida toda para português) voltei às raízes.

Mi vida: instrucciones de uso foi o meu livro espanhol do mês de abril. Como sabem estou numa missão de melhoria do meu vocabulário espanhol, por isso todos os meses tenho como meta ler um livro nessa língua. Com esta nova aventura aproveito para ler autores que ainda não foram traduzidos para português. Marian Keyes é um desses autores, creio que alguns dos romances estão traduzidos, mas como não está a obra toda prefiro manter o espanhol.

A autora tem um sentido de humor muito próprio, apaixonei-me pela sua escrita há muitos anos. A forma como descomplica tudo e em como transforma os seus piores momentos em momentos “Ah Ah Ah” é algo que admiro.

Neste livro de crónicas podemos encontrar os seus textos publicados ao longo dos anos em revistas, jornais e no próprio site. Estão divididos por secções: beleza, viagens, família, dia a dia e meses. Adoro o entusiasmo com que encara a vida, ela valoriza tudo, adorei ver as suas reações quando começou a ter as primeiras conquistas enquanto escritora. Há uma altura em que fala das primeiras amostras de cosméticos que recebeu em casa, aí senti-me tão próxima dela, uma vez que a minha reação foi a mesma quando fechei a minha primeira parceria com uma editora.

Apesar de todo o sucesso que a autora teve (e tem!), parece-me continuar a ser uma pessoa humilde, muito terra a terra, que aprecia as pequenas dádivas que a vida lhe dá. Várias vezes utiliza a expressão “somos muy afortunados” quando fala em algumas viagens que fizeram ou em dias de SPA. Aqui se vê que não está a falar daquela experiência para se mostrar, apenas porque tem algo de divertido.

De todas as suas histórias, a minha preferida é quando é confundida com o Bono, por causa da sua aparência e do carro (ao que parece na Irlanda só haviam dois Maserati (o do Bono e o do marido dela). Eu sei que existem redes sociais para ver a fotografia da senhora, para fazer a minha própria comparação entre ela e o Bono, mas continuo a imaginar um Bono em versão feminina!

Como se trata de um livro em espanhol utilizei a loja do KOBO para comprar o ebook (como faço com quase todos os livros que compro noutro idioma). Por isso passem por e vejam se também gostavam de embarcar nesta aventura.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s