O enigma do quarto 622, uma doce surpresa

Já ouviram falar de Jöel Dicker? Claro que sim, mais que não seja pela “A verdade sobre o caso Harry Quebert”, interpretado por Patrick Dempsey.

Já tinha visto a série, aliás fiquei presa a ela e vi todos os episódios de enfiada, sem perceber que estava a assistir a uma das obras primas de Jöel Dicker. Devo dizer que só graças às minha Pipa and Books é que percebi isso, porque até então andava muito entusiasmada com “O enigma do quarto 622”.

Quando comecei o livro não fazia ideia do que me esperava, apenas mais uma história de amor com um homicídio à mistura (pensei). Mas era mais do que isso, muito mais.

Jöel faz-nos viajar com ele na sua busca pela inspiração do livro, entrando ora no mistério ora na sua busca para o desvendar à medida que vamos passando capítulos. Pelo meio ainda homenageia o seu editor Bernard de Fallois (falecido em 2018).

Onde quer que Bernard esteja acredito que tenha ficado muito orgulhoso desta homenagem, tão bem contada e tão bem “encaixada” num grande mistério. É esta homenagem e o facto da narrativa acontecer na terra natal do autor que fazem deste livro o romance mais pessoal do autor.

A genialidade da escrita de Jöel Dicker parece-nos a cada linha, a cada capítulo, a cada momento que a história se desenrola. Um livro cativante que me fez querer conhecer o resto da sua obra.

Podem começar já hoje a desvendar este enigma, o livro está aqui à vossa espera.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s